Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

A Bela do Castelo Sem Portas

Passo a ponte levadiça e de entrar,
Só me separava um véu carmim
Com forma de arco em ferradura.
Mas um perfume lento, de jasmim,


Embebeda-me em te não deixar
Minhas mãos na volta da cintura...


Sonharei voar no domínio das águas,
Quero pousar-te de manso na mão,
Deixar-te penas brancas no ventre;
Levo, na boca, uma flor de vento em botão,
Um malmequer que floresça sempre,
A fonte de todas as nascentes!


Quero inventar mais longe para amar-te,
Onde as águias sintam vertigens
E nem meus sonhos possam tocar-te!
Aí te cantarei em vÃ'o rasante
E num abraço, a medo, de amor virgem,
A nascentes de todas as fontes!


Fuente: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 
  MusicaFusion.com   

Enlace para compartir:


Enlace HTML para tu website:


Reportar Contenido