Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Baile da Dona Aurora

O baile da dona Aurora começa as nove horas
Piroca dentro, piroca fora.
É um baile de família,
Um come a mãe, o outro come a filha
Piroca dentro, piroca fora.


Eu sou a Neusa, 74 anos
Mas estou indo para a balada.
Batom está na bolsa,
Eu estou quase pelada.
De shortinhos os velhinhos não conseguem acreditar,
Mas quem tomar viagra hoje não vai me pegar.


Eu sou o Alberto,
Meu pinto está subindo, meu calção está aberto.
Minhas tripas estão caindo, mas isso não afeta o sexo.
O meu cabelo é branco, da sua vagina também,
Então venha dona Neusa brincar de fazer neném.


Sai fora seu velho com cara de otário
Eu não me imagino chupando o seu caralho.
Hoje eu quero um novinho com tanquinho, bombado
Do meu lado.
Uma taça de vodka eu não sei se vou beber,
Se eu bebo essa porra o que pode acontecer,
Eu dou pra um broxado e não consigo perceber.


Essa balada é louca,
Duas velhinhas treze se beijando na boca
E no meio da pista começam tirar a roupa
Enquanto os velhinhos vão batendo punheta.


Que beleza,
A área é cercada, aberta assim de natureza,
Legalize mafu está em cima da mesa,
É só trombar a Dona Tereza.


E a galera vai levantando a mão,
Começam a gritar, saem do chão.
O palco tá lotado de sutiã jogado,
Até os velhinhos alejados vão pulando e cantando.


O baile da dona Aurora começa as nove horas
Piroca dentro, piroca fora.
É um baile de família,
Um come a mãe, o outro come a filha
Piroca dentro, piroca fora.


Fuente: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 
  MusicaFusion.com   

Enlace para compartir:


Enlace HTML para tu website:


Reportar Contenido

publicidad