Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Do Fundo do Campo

Nasci num fundão de campo, na costa de um banhadal.
Foi ali que eu me criei, num jeitão xucro e bagual
Comendo bóia campeira, tudo que é fruta do mato
E furando lixiguana, em meio as unha de gato


Quando chegava visita, disparava lá pra horta
Dali umas hora espiava, por uma fresta da porta
Se fosse pessoa estranha, fugia igual um sorro
Me entrincheirava no mato, pra me achá só com os cachorro.


Aprendi as lidas de campo, e também fazê alambrado
E em dias de enchente grande, atravessei rio a nado
De tanto andá pelos matos, caçando em beira de sanga
Ando com o couro em tira, de espinho de japecanga.


Em pleno mês de janeiro, carpi em milho pendoado
Abri muita roça nova, a foice, fogo e machado
Virei terra de arado, com a junta de boi zebu
E nas noites de lua cheia, ainda corria alguns tatu.


Me bandiei pra capital, fui atraz do que reluz
Fiquei igual uma mariposa, logo que se apaga a luz
Coesta estampa de índio taura, não me adaptei na cidade
Voltei pra minha querência, quase morto de saudade.


Fuente: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 
  MusicaFusion.com   

Enlace para compartir:


Enlace HTML para tu website:


Reportar Contenido

publicidad