Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Filho pródigo

Eu sou aquele filho pródigo que se foi
Mas voltou
A casa do Pai em busca do primeiro amor
O mundo colorido que busquei para mim
Não havia e, arrependido, voltei
Pra não ver meu fim


Voltei a sorrir e agora chorar jamais
Tornei a sentir o odor suave da paz
Uma paz que me deu nova inspiração
Renovou o meu cantar, devolveu-me a canção


Andei errante em terras alheias
Fui preso a cadeias
Do mal que eu fiz
Distante de meu pai, de parente
Achei-me indigente
Um pobre infeliz


Sem pão, sem teto, veste ou calçado
Me vi desolado
Meu leito era o chão
Se abriu em meu peito o pranto
Calou-se o meu canto
Se foi a canção


Tal qual um passarinho perdido,
Solitário, ferido
Vivendo a colher
O fruto amargo da utopia
De achar na orgia
O eterno prazer


Meus amigos me desprezaram
Olhei ao meu lado,
Ninguém pra conversar
Sentado triste à margem da estrada
Lembrei-me de casa
Pensei em voltar


Pensando no que o pai dissera
Sobre sua espera
No seu regressar
Decidido a fazer a jornada
Pus o pé na estrada
E comecei a andar


Ainda estava longe de casa
Meu pai que me olhava
Me reconheceu
Correndo abraçou-me ao seu peito
Não vendo os defeitos
Perdão me concedeu


Fuente: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 
  MusicaFusion.com   

Enlace para compartir:


Enlace HTML para tu website:


Reportar Contenido