Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Peão no topo

Peão no topo
Guga Cavalcanti


Peão no topo do edifício devorando a bóia fria
Devorando a bóia fria na corrida contra o tempo
Na corrida contra o tempo cai a chuva, passa o vento
Peão no topo do edifício devorando a bóia fria.
No sobe e desce do edifício, a construção da agonia
Peão beirando o precipício devorando a bóia fria
E nada estanca essa sangria e nada estanca o fardo eterno
Peão no topo do edifício rumo ao topo do inferno


Não adianta dizer o que eu não devo fazer
Não adianta exigir pra onde eu devo seguir
Não adianta cobrar o que eu não posso pagar
E quem não deve não teme (4x)
(bis)


Eu faço da minha vida o que eu bem entender
Eu não lhe devo nada, eu devo nada a você
(bis)


Eu tô tentando avisar, eu tô tentando alertar
Eu quero denunciar que eles vão levar o resto embora


Ali não pode escrever, aquí não pode cantar
Ali não pode mexer, aquí na pode rezar
(bis)


É duro, mas quem sabe faz ao vivo agora (bis)


Eu tô querendo fazer, o que é que eu vou derrubar?
Eu tô querendo amar, a quem eu devo ferir?
Eu tô querendo comer, onde é que eu devo roubar?
Eu tô querendo jurar, como é que eu devo mentir?


Vamos embora, valha-me Deus, chegou a hora! (4x)
Vamos embora, valha-me Deus!


Fuente: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 
  MusicaFusion.com   

Enlace para compartir:


Enlace HTML para tu website:


Reportar Contenido