Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Segredo Repentino

Derepente os olhos começam
A brilhar os olhos de fogo
E a chuva a molhar.


E na grande e morbita selva
Segredos se espalham e se
Multiplicam na relva.


O sol quente e brilhante clareando
Os caminhos do amargo
Cintilante.


O sabor da vida apodrecida
E destruída, irrigada e erguida
Nos berços de uma cidade
Perdida.


O lenço da miséria calcando
O meu ser fotos e falsos
Profetas levando a crer em (NADA).


Somos o tempo a
Comparaçao somos as
Linhas e trechos escritos
Em um coração.


Somos o tudo e o nada
A verdade expressada
Somos o que vemos e o que se passa
Somos o passaro ou a asa.


Imagens no céu começam
Aparecer olhos idagam o entreter
E a linha divina entrando na minha vida
Sobre a linha do erro de uma imagen esquecida


A cegueira humana e quase inotavel
A sede por sangue inevitável
As palavras de cima amável
E o que os olhos vêem e incontestável.


Tocando os sinos tocando os dias
Corroendo a classe da idolatria
Aguardando os cegos e sua hipocrisia
O medo disperso a cada dia.


Fuente: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 
  MusicaFusion.com   

Enlace para compartir:


Enlace HTML para tu website:


Reportar Contenido