Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Show de Truman Dos Pé-de-breque

Clima tenso
Aquí não é novela
É intenso
Não é carnaval
Tão propenso
A reais seqüelas
Clima tenso
Será que é real?


Cidade essa irritadiça, tão devassa,
Carniça, pena que a justiça postiça,
Omissa enguiça
E as paredes revestidas de cobiça maciça
Foram construídas sobre a areia movediça de preguiça
A inveja na surdina já domina a esquina
Imagina as ruas turvas
Noite e día sombrias
Pavimentadas com latrinas
Sua neblina contamina a retina
E determina a entrada e saída
Rumo a ruína, o ar é a ira
Se admira mentira não se pergunta
Já se mira, se atira, se humilha
A gula ta na bula e na cartilha
A vareza em alto nível é combustível e clorofila
Ervilha não se compartilha, pra não ter assassinato
O pecado e não é aliado mora ao lado,
E quer money emprestado
Condenado só quem é honesto
É essa é a fatal real nesse safári de concreto


Clima tenso
Aquí não é novela
É intenso
Não é carnaval
Tão propenso
A reais seqüelas
Clima tenso
Será que é real?


No labirinto de clones, peitos de silicones
Fabrica de seres sem nomes, o que alimenta sua fome?
Quem faz as suas escolhas? quem põe o rango no prato?
Põe o pano mais loko pra sair no retrato
Argumento sem fato
Tudo tão elaborado que ninguém percebe o blefe
Show de truman dos pé-de-breque
Povo sem r.g, artista karaokê
Foi mutação ou seleção natural?
Todos os signos na posição do inferno astral
Qualquer coisa é alimento, pois não há paladares
Reflexo de céu cinza em seus olhares
Caráter de supermercado
Ninguém olha pra frente só olha pro lado
Vida sem alma, sem calma, bate palma pra qualquer ritual
Nada tecnológico, mas tudo tão virtual
Uniformes coloridos e os comportamentos tão opacos
Clima tenso city e habitantes dos pecados


Clima tenso
Aquí não é novela
É intenso
Não é carnaval
Tão propenso
A reais seqüelas
Clima tenso
Será que é real?


Uma cidade perdida transformada em ruínas
Desastres naturais, tsunami, katrina
Destroços, lixo e corpos todos no chão
Não é a babilônia, mas é só destruição
Reconstrução, não só dos concretos
Mas sim das pessoas que são, só objetos
O clima é tenso, parece a guerra fria
Desigualdade, falsidade é o que vejo todo dia
Me apego naquilo que einstein já dizia
Que a quarta guerra vai ser pau e pedra
Mudar a mente, renovar os conceitos
Começar do zero pra agora fazer direito
As mazelas trazem seqüelas, pra toda vida
No processo de renovação pelas idas e vindas
Será que posso falar tudo aquilo que penso
Já me olham diferente porque o clima ta tenso
O clima ta hostil e a cidade a mil
Reconstrução da cidade que nunca existiu


Clima tenso
Aquí não é novela
É intenso
Não é carnaval
Tão propenso
A reais seqüelas
Clima tenso
Será que é real?



Fuente: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 
  MusicaFusion.com   

Enlace para compartir:


Enlace HTML para tu website:


Reportar Contenido