Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Dia Azul Parte 1

Conheci um cara muito folgado,
Um bundão atrapalhado.
Sua mãe era caminhoneira,
E trabalhava na feira.
Ela calçava quarenta e quatro,
E todos á chamavam de pé-de-pato.
Um da ele estava andando,
E viu uma moeda de um centavo brilhando.
Correu para o meio da rua que nem um aloprado,
Foi quando foi atropelado.
Já no hospital um homem lhe disse:
- Sou o dono da Ferrari e esta é minha mulher Eunice.
- Está com fome? Garoto sem nome?


Foi um da de sorte!
Prum garoto bem legal!
Foi um da de sorte!
Foi um da especial!
Oh baby blue skys are raining!
aquele pequeno pobre burrico
virou então um princípe rico.
oh yeah.


Com a burrice ele foi se machucar,
Mas teve sorte e foi gastar.
Passou em uma loja de com puta dores,
Pois ainda estava com muitas dores.
Comprou um computador e quando o ligou,
Apertou uma tecla que deletou.
Achou que del queria dizer delicioso,
E quando apertou viu o que era gostoso.
(Refrão)
Percebeu que não estava pronto para a tecnologia,
E gastou todo o seu dinheiro em remédio para espinha.


Fuente del lyric: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 

Reportar Contenido
publicidad