Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Volta Pra Pegar o Troco (part. Khriz)

[Khriz]


Eu não entendi, que treta é essa que eu nem to envolvido
Se num fosse um mano meu nem chegava aos meus ouvidos
Mas tá tranquilo, revido, sem abaixar a cabeça
Aí larga do meu pé, tá parecendo minha nega


Cê pensa o que ? que eu te devo satisfações ?
Prepotência, isso ativou suas limitações
Armações, mas isso não abala minha musica
Meu rap é um fogueira e o seu nem é uma fagulha


Esquece as puta, isso não é diss é apenas um recado
Não pensa que eu morri só porque fiquei parado
Tá ligado, eu deixei o seu orgulho ferido
Me chama de fênix, eu me sinto renascido


Tá fudido, cê acha o que ? que compra treta é facil
Não sabe nada de mim mas sai falando avuado
Arrombado, sente a gangueragem do meu som
Eu sei que eu encomodo porque o meu trampo é bom


Eu vivo minha real e canto ela, é o meu rap
Tudo que eu vi ou fiz é o que alimentam minhas tracks
Cê já passou da idade de tá fazendo essas coisa
Mas é normal , vai ver cê sentiu falta da gangorra


Mas que porra, tem certos moleques que não aprende
O rap não é pra destruir mas sim unir a gente
Né burrice, guetto contra guetto, vê direito
Humildade, se cê é general eu sou guerreiro.


(Refrão 1x)


''Volta pra pegar o troco,seu,cuzão,antes de falar de mim,supera,
então,negão,enfia a diss no meio da bunda,e tira da cabeça,esse
pedaço de sunga.


Cê é,um puta,dum puto,profissional,mané,inveja meu rap que é
nacional,pois é,eu sei que é,raivinha dos pipoca,inveja de bóga,
é lingüiça,defumada no meio do tóba.''


[Leandro Mc]


O khrow peidou na tanga,foi pedir ajuda pra outro moleque,
alex street,do gangta bitche,torosco de shit no rap.


Conhece o cep do mano,pra ficar comprando,briga que né
sua? passando pano pra pirralho,tu é um otário,mó zóio de
lula.


Falando que é rua,pensa que é pirata,essa cueca na nuca,
me fez da risada,tu é mó piada,mas nem percebeu,sua
métrica fraca,não me convenceu.


Certeza,que eu,teria vergonha,nascesse igual tu,com essa
voz de pamonha,medonha,a piranha,que ta,do seu lado,
cantando igual mano,pensa que é malaco?


Meu saco,hã,é pra tapar,essa sua boca,minha lírica consciente,
é pra ocupar sua mente oca,tira a toca,seu filha da puta,e se
liga,então,enfia essa língua no rabo,com as bola do saco,
arrancando feijão.


Khrow é de cuzão,khrow é teu cuzinho esmilingüido,fazendo
uma força,baby boo,sai do cu,junto com os milho,que se da,
pode pa,que você,nunca vai superar.


Sa marca,de rima que eu faço,maluco,sem respirar ahahaha...


Que paiaçada né tiozinho? com quase 40 de idade,ainda não
sabe,ser um homezinho,leite ninho,é,cê ta precisando de tomar
na boca.


E no meio da sua garganta,pra desentupir essa voizinha roca,
seu bafo de rola,que cê va porra,com esses moleque,e manda
resposta pra mim,quando tiver afim,de fazer um bom rap.


Tão solta o clap,é,manda esse alex se foder,e se ele é gangsta
rap,ta bom,sou pcc...


(Refrão 1x)


''Volta pra pegar o troco,seu,cuzão,antes de falar de mim,supera,
então,negão,enfia a diss no meio da bunda,e tira da cabeça,esse
pedaço de sunga.


Cê é,um puta,dum puto,profissional,mané,inveja meu rap que é
nacional,pois é,eu sei que é,raivinha dos pipoca,inveja de bóga,
é lingüiça,defumada no meio do tóba.''


Fuente del lyric: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 

Reportar Contenido
publicidad