Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Sistema Atual

Há tempos que a vida
Vem sendo sofrida
Destruida com planos
De quem quer lucrar


A inteligência
Usada pro mal
A violência progride
E o amor é banal


No mundo de hoje
Tudo tem seu preço
Mas minha alma não


Não não não vai comprar
Minha alma não tem preço não
E a vida é pra sonhar
Não pra se trocar por ilusão


Querem nos comprar
Nos manipular
Mudar seu jeito de andar,
De sorrir de cantar


Impondo sistemas
Limitam seus passos
Acumulam riquezas
Roubando os fracos


A educação
Pode salvar
Mas quem governa o povo


Não quer e não vai educar
Porque dessa maneira é fácil pra roubar
Ninguém quer questionar
Só um trocado pra poder votar


Temos que servir
Aos poderosos
Mas a nós servirão
Podres ossos no chão


Aí que se vê
Que você me vê
Mas não na essência da alma
E a paz do meu ser


Porém me critica
Pela aparência
Mas essa violência


Não foi eu quem gerou
Eu não compro armas no exterior
Nem sou explorador
E não me vendo por nem um valor


Quem age assim
Precisa ouvir
Umas verdades que a vida
Deixou de mostrar


Que a benevolência
E a inteligência
São lançadas ao vento
E se perdem no tempo


E a ignorância
Gerou a distância
Entre o homem e o tempo


Em que o mundo foi de amor
Dessa maneira fez o criador
Não havia rancor
Nem mesmo a injustiça e a dor.


Fuente del lyric: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 

Reportar Contenido
publicidad