Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Floripassando a Rima

Na noite de Floripa, saio com os irmão
Só no sapatinho procurando diversão


Tem dos Araça, Retiro, Canto dos Tavares, Porto, Barra de vários lugares
Tem Itacorubi, Carvoeira ou Pantanal
Vou chegar na Praça 15, represento o litoral
Vem Trindade e Cacupé, Sambaqui ou da Tapera
Respeito cada irmão, sempre respeito a galera


Eu vou na humildade, não deixo pra depois
Monte Verde lado norte, Saco Grande 1 e 2
Pântano do Sul, respeito vem primeiro
Saco dos Limões, Ingleses e o Vermelho


Tem gente de primeira, rapa de Canasvieiras
Canto do Lamim, Vila União e Cachoeira
Agronômica no Centro, na Caixa e Serrinha
Orácio, Mocotó, 25 e Mariquinha


Represente Floripa, não importa, qualquer área
Nova Trento, Descoberta, Penitenciária
Ratones, Lagoinha, Vargem Grande ou Pequena
Campeche tá na fita, Caeira e Costeira


Lembro que na Ilha resolvia na porrada
Mas agora se resolve com o chumbo da quadrada
Peço muita paz, pra essa guerra, socorro
Muita gente sofrida que se mata por pouco


Scarpelli ou Ressacada
Avaí ou Figueirense
Não dá nada é tudo nosso então chegue e represente


Reabra sua mente, seja consciente
Respeite nossa gente
Também tem do Continente


Palhoça ou São José
Com luta, garra e fé
Dou o toque pros irmão, fica ligado no rolé
Forquilhinha, Bela Vista, Abraão, VLP
Monte Cristo, Chico Mendes, Capoeiras se envolver


Sei que tá faltando um monte de quebrada
Mas é todo o Continente pra rapaziada


Na noite da Lagoa mulherada tá bombando
Não demora muito a turistada tá chegando


A noite tá enchendo, mas tá tudo dominado
Muita mina dá valor para o carro importado
Tem a patricinha, tem a mina gente fina
É fácil de encontrar uma em toda a esquina


Vem o filhinho de papai, com carro envenenado
Com a roupa da moda, marrentinho folgado
Tem o primo sussegado, agita e o fudido
Tem o primo sangue bom, tem o bandido inimigo


Tudo que queria, Praia Mole a diversão
Costão a costão, vai do índio ao dragão


Esta é a magia que a Ilha sempre fez
Com a massa na mente e com olho de chinês


Vai dar costa no canto, irmão
No Gravatá
Na praia da Joaquina
Na Pedra Carecá
Barra da Lagoa, Campeche, Moçambique
Ribeirão da Ilha, Armação e Canas Beach
São quilômetros de praia, mil e uma delas
A brisa do mar entra pela minha janela


Represento a minha área, todos meus irmão
Floripa tá na alma e tá no coração
Represento minha área, não os vacilão
Lagoa Costa Leste aquí na união


MDC, não há que não resiste
Em busca do respeito, o Rael não desiste
A banca tá formada pronta pra bater de frente
Atrasalado, pau no cu me deixando impaciente


Fervendo minha mente, mas o tempo não pára
Te derrubo com a rima, pois essa é minha cara
É como uma bala, difícil prever
Calor insuportável, vou fazer que nem rolê
To no rolê sussegado, desço a ladeira
Desde de manhã to na mesma chapaceira


Viajo no bagulho, sempre longe da farinha
Vou trocar uma idéia no Dé Bahia e Rafinha
Que me considerem, eles vão ser considerados
É os maninho das antiga, comigo, lado a lado
Sempre vou estar, sempre que precisar
Se o perigo chega perto eu vou chegar pra somar


Só não posso vacilar, não vou deixar na mão
Melhor ficar esperto, tem traíra de montão
Pagando de gatão, eu conheço esse Fulano
Não fala com os irmão e só faz marra com o seu cano


Não importa, faça o que quiser da sua vida
Abre a porta, mesmo se estiver sem saída
O que importa, cabeça em pé na humildade
Eu só fujo sempre da morte, eu só falo a verdade


Meu recado foi mandado pra quem quiser ouvir
Melhor nos respeitar se quiser viver aqui
Respeite a família pra ser bem respeitado
Tudo na humildade, paga sapo desgraçado


Represento a minha área, todos meus irmão
Floripa tá na alma e tá no coração
Represento minha área, não os vacilão
Lagoa Costa Leste aquí na união


Faço meu esquema, não do güela pra ninguém
Humildade predonima, minha parte eu faço bem
Sem tirar ninguém, meu caminho eu mesmo faço
Sem pagar de bom na banca e perder o seu espaço


Roda do bagulho, vem chegando 3 cabeça
Não sei de onde são, pela cara são firmeza
Mas deixaram aquela güela, dizendo que é bandido
Ninguém perguntou nada e veio falando de inimigo


Esse aí falou demais, que já roubou playboy
Falou que é procurado da Civil e até do COI
Achou que intimidou, olha só, só achou
No conceito do malandro é só mais um falador


Conversinha de cuzão, vem pagando de ladrão
Nessa banca não se cola porque aquí é humildão
Sem o lero-lero, humilde sempre espero
Continua nesse jogo, vai ficar no 0 a 0


Represento a minha área, todos meus irmão
Floripa tá na alma e tá no coração
Represento minha área, não os vacilão
Lagoa Costa Leste aquí na união
Baixe agora o Ringtone desta música!
Clique aqui!


Selecione outra música de Mc Rael:
Ai Meu PiruChama Ela Pra DançarDesejosFloripassando A RimaMusaVem Morena
Ajude a manter a qualidade do site Vaga-lume!
Avalie a transcrição desta letra:
Mc Rael
Letras Cifras Traduções Biografia Discografia Fotos Incluir letra Ouvir Comprar CDs e DVDs Sites na Internet Vídeos RingtonesMc Rael - Ai Meu Piru
Mc Rael - Chama Ela Pra Dançar
Mc Rael - Desejos
Mc Rael - Floripassando A Rima
Mc Rael - Musa
Mc Rael - Vem Morena
Floripassando A Rima


Fuente del lyric: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 

Reportar Contenido
publicidad