Entrar
(
Millones de Letras de canciones y videos
Millones de Letras de canciones y videos

Pé Na Porta

São nunca
Santo forte
A caminhada é longa
Tamo aquí pra isso irmão
Peso pesado, chega com nóis
Então vem, então vem, vem vem vem vem


Muitos falam poucos fazem, eu vo com o pé na porta
Muitos vão poucos trazem, por isso o pé na porta
Quando for sair coragem pra dizer e pra quando precisar saber o que fazer (2x)


Mãos pro alto, renda-se, vem junto com o são nunca
Ser ou não ser, eis a questão é rap próxima pergunta
A cena é exigente, o jogo é envolvente, mas mostro que eu so competente antes do fim do expediente
Boca que não vai a roma, aquí só atrasa
Vi nego dizer que é o rap, nem sai do quintal de casa
Meu time, segue trampando quando humilha é sem arrego
Vai fazendo pastor alemão latir em grego
Eu entro reparo a bagunça me sinto tomado a vida me pois nisso amigo
Marco é um abraço
Não paro, meu trajeto é longo, não falho to com a familia
Missão: trafica rima no doze tipo abadia
Talento, evolução tamo no crescimento, escrevo só se minha palavra for melhor que o silencio
Na correria uma só voz, tem que ter fé, eu ja flagrei
Quem é não fala e quem fala não é


Nessa trilha sonora, eu sou guia
Levo o kit de sobrevivencia, e ajo com um soldado agiria
Um simples barulho é um estrondo
Um hit combo, com milhares de palavras torno o meu rap redondo
Então eu sondo cada canto só dou tombo em quem merece
Dedico um gole pro santo por que o são nunca agradece
Chega meio que batido, quando vi ja roba a cena, com honestidade de forma plena
Se é viagem então veste a camisa, entre no tema
Prepare um antidoto porque essa parada envenena
Se você se condena, não so eu que devo ter pena
Perca seu tempo em qualquer coisa menos em problema
Pé na porta então a porta missão se você se importa com a nossa presença a roda
menestral da calçada forma sua tropa, me vem com ideinha que venho com ideal
E quem não vem eu sei que sobra


Muitos falam poucos fazem, eu vo com o pé na porta
Muitos vão poucos trazem, por isso o pé na porta
Quando for sair coragem pra dizer e pra quando precisar saber o que fazer (2x)


Saindo coelho da cartola sem truques
Rimas e flows estereo, fone e batuques
Não desconversa a mente segue avessa
Quebra-cabeça sem peça
Peso pesado vivendo as pressas
Miragens, ilusões o território dos leões
Na selva todas ações tem suas reações
Alteres mental altura eleva no som
Entrou pela ventarola, ja flagrou que é do bom
De onde vem, de onde vai
Quem que vem, quem não sai
Quem aguenta o baque pra quem não (bombina?) bye bye
Horas a menos de sono, horas a mais de trampo
Nesse mundo sem dono ninguem quer passar em branco
É o ataque da terra do pinheiro
Tiro certeiro, massacre, que rap cabrero
Grafite, beat box, break, dj, skate, mc, cultura de rua, você encontra tudo por aqui


Muitos falam poucos fazem, eu vo com o pé na porta
Muitos vão poucos trazem, por isso o pé na porta
Quando for sair coragem pra dizer e pra quando precisar saber o que fazer (2x)


Fuente del lyric: www.musicafusion.com


  Esta canción               
  Este artista                 

Reportar Contenido
publicidad